10 tipos de links que podem te penalizar no Google

10 tipos de links que podem te penalizar no Google


Todo profissional de SEO que se preza sabe que os links (junto com o conteúdo) são a espinha dorsal do SEO.

Os links continuam a ser um fator de classificação significativo.

O que acontece quando você recebe links ruins em uma escala suficiente para prejudicar seu site?

Seu site pode ser rebaixado por algoritmos pelo Google – ou pior, você pode receber uma ação manual.

Embora o Google afirme que eles são bons em ignorar links ruins, esses links ruins em grande numero podem prejudicar a classificação do seu site.

Este guia explicará 10 tipos diferentes de links inválidos que podem te penalizar no Google e o que você pode fazer sobre eles

1- Links para o Press Release

Os links de press releases eram populares há cerca de 10 anos.

Esses links foram super fáceis de obter.

Tudo o que você precisava fazer era escrever um comunicado de imprensa e distribuí-lo para centenas de sites de distribuição. Você receberia rapidamente centenas de links.

Como qualquer tática de SEO que funcionou bem, foi abusada.

Agora, o Google considera os links de press releases um esquema de links, porque eles são muito fáceis de manipular.

Você deve evitar especialmente qualquer link de press releases que dependa de um texto âncora otimizado demais, direcionado à sua principal palavra-chave.

2 – Links do fórum de discussão

Para ser claro: nem todos os links de discussão do fórum são ruins. Se um link é proveniente de um site de boa qualidade, de um usuário estabelecido e o link em si não é manipulador ou com spam, você deve mantê-lo.

No entanto, se você tem milhares de links vindos de fóruns de discussão estrangeiros, todos eles são links de spam de baixa qualidade e continuam a aparecer, você deve rejeitá-los.

Quaisquer links que pareçam spam não favorecem os olhos do Google.

3 – Links de Guestbooks estrangeiros

Links como esses também são manipuladores.

Leia também:  O que é SEO On-page? Como fazer?

Esses links podem ser colocados manualmente ou com a ajuda de um programa automático.

Bastante desses em escala pode causar quedas no ranking. Em caso de dúvida, negue.

4 – Muitos links aleatórios NoFollow

Pense que você pode enganar o Google, randomizando sua pegada apenas o suficiente para que seus links com spam não seja detectado?

Pense de novo.

É extremamente difícil criar pegadas aleatórias que você acha que o Google não detectará.

Se você estiver usando um programa automatizado, é cada vez mais provável que o Google encontre os rastros desse programa automatizado, a menos que seja verdadeiramente aleatório.

Por quê? O simples ato de não seguir o link é uma pegada.

Milhares de links de muitos sites diferentes que não são seguidos é um indicador de que algum spam está acontecendo.

5 – Redes de blogs privados (PBNs)

As PBNs costumavam ser uma ótima maneira de criar links para obter classificações.

Agora, as PBNs em uma escala massiva o suficiente podem prejudicar seu site e causar perda de tráfego orgânico.

O Google é capaz de detectar – e punir – a maioria das PBNs.

Algumas PBNs podem levar mais tempo para serem detectados do que outros, mas, eventualmente, o Google vai entender.

6 – Sociais Bookmarkers Links

Os links sociais também são considerados manipulativos pelo Google.

Isso pode causar problemas se você fizer demais. Todos eles são colocados manualmente e são spam.

Não é de admirar que o Google considere eles esquemas de links.

7 – Envios de diretório (ou um serviço de envio de diretório)

Os serviços de envio de diretório gostam de dizer que você obterá grande tração a partir de seus links.

“Ajudaremos a aumentar sua classificação no Google!” eles dirão. No entanto, nada poderia estar mais longe da verdade.

Submeter-se a diretórios de baixa qualidade provavelmente fará mais mal do que bem para seus rankings.

Tal como acontece com muitas coisas em SEO, há uma exceção.

Não há problema em usar diretórios relevantes e direcionados para a criação natural de links – especialmente em SEO local.

8 – Comentários no Blog

Historicamente, os comentários do blog têm sido uma das táticas mais abusadas no SEO.

O spam de comentários é uma tática antiga de aquisição de links a ser evitada.

Mas existe uma maneira correta de abordar os comentários do blog. A chave é deixar comentários relevantes em sites relevantes.

9 – Links do Fiverr ou de outros serviços de link baratos

Esta é mais uma tática abusada no SEO.

Leia também:  O que é SEO On-page? Como fazer?

Novamente, isso é tão flagrantemente ruim que, embora não façam parte das diretrizes do Google, os padrões e pegadas deixados para trás provavelmente são óbvios para os algoritmos do Google.

Não seria difícil para o Google configurar um protocolo investigativo para se inscrever nas contas desses serviços, posar como SEOs ou outros webmasters e verificar os padrões mais comuns usados ​​por esses serviços.

Lembre-se sempre: a pessoa com quem você está conversando regularmente nos fóruns do black hat pode muito bem ser um Googler.

10 – Links criados por programas automáticos de criação de links

Já ouviu falar de ferramentas como GSA Search Engine Ranker, Scrape Box ou XRumer?

Certamente, essas ferramentas podem criar muitos links. No entanto, nos últimos anos, esses programas se tornaram menos eficazes.

Não é recomendado o uso desses programas para seus esforços de SEO, especialmente no seu site de dinheiro.

É provável que o Google já esteja vários passos à frente com variações de padrões já incorporadas ao seu algoritmo.

Os links são realmente culpados, ou é algo mais?

Até agora, falamos sobre links que prejudicam você. Mas poderia ser outra coisa?

Para descobrir, você deve realizar várias auditorias. Avalie o estado do seu site e prossiga a partir daí.

  • Uma auditoria técnica de SEO para descobrir possíveis problemas de rastreamento, problemas técnicos ou problemas semelhantes que afetam o site.
  • Uma auditoria de conteúdo para determinar o estado do conteúdo do site.
  • Uma auditoria do perfil do link para avaliar o estado atual do perfil geral do link do site.

A partir daqui, você poderá avançar com as etapas para corrigir o site.

Se você tiver a infelicidade de ter um site complexo com problemas nas três colunas, precisará trabalhar muito.

Ação manual: Preparando o arquivo de rejeição

Na minha opinião, nada supera o Link Detox da Link Research Tools. Ele pode avaliar links das mais fontes, como Majestic, GSC, Moz, Ahrefs, SEMrush e muito mais.

Você deseja compilar todos os links para o maior número possível de fontes?

Carregue-os de acordo com as instruções no Link Detox.

Depois de fazer isso e passar pelo processo de revisão e classificação do Link Detox, será necessário preparar o arquivo de rejeição.

Você recebeu uma notificação de ação manual?

Basta verificar em ações manuais no Google Search Console. Você saberá imediatamente se o Google penalizou seu site.

Seu site foi desatualizado por algoritmo?

Geralmente, você pode avaliar se possui um downgrade algorítmico examinando seus dados do Google Analytics.

Leia também:  O que é SEO On-page? Como fazer?

Normalmente, você verá uma queda aproximada de 35 a 50% no tráfego geral. Isso pode ocorrer em determinadas páginas, pastas ou mesmo em todo o site.

Às vezes, uma análise cuidadosa pode revelar outros problemas (por exemplo, técnicos ou de conteúdo) em um site que estão causando esse tráfego.

Nesses casos, você deve começar com uma abordagem de implementação de auditoria em várias camadas, projetada para corrigir problemas relacionados ao conteúdo, além de problemas relacionados ao link.

Você deve olhar para os perfis dos sites vinculados a você?

Embora uma auditoria completa não seja necessária, verificar os links que apontam para você pode ser útil.

Em geral, se você vê algo extraordinariamente spam, isso reduz a qualidade geral do link. Se não, provavelmente é uma boa ideia mantê-lo.

O que fazer se você identificar um ataque de SEO negativo?

Você precisa parar o ataque o mais rápido possível. Se você estiver sob ataque de link de alto volume, é apenas uma questão de tempo para ser penalizado.

O processo em si é realmente bastante simples e não muito complexo:

Bloqueie todos os bots. Exceto os principais: Google, Bing e Yahoo.

Faça uma rejeição em massa de todos os links recebidos.

Implemente um processo regular de revisão e rejeição de links para continuar rejeitando todos os links recebidos até que o ataque desapareça.

Qual é a melhor maneira de implementar um bom perfil de link?

Adote bons hábitos:

  • Use texto âncora com marca sempre que possível.
  • Use Naked URLs.
  • Não use o texto âncora da palavra-chave de correspondência exata.
  • Não obtenha links de sites ruins.
  • Não coloque links com texto âncora super otimizado manualmente ou com ferramentas.
  • Certifique-se de que seus links sejam editados pelos proprietários do site envolvidos.
  • Obtenha links de sites de boa autoridade em seu nicho.
  • Interaja com pessoas.

Em geral, o perfil do seu link deve ser bastante equilibrado e os tipos de links não devem exceder aproximadamente 20% do seu perfil geral.

Evite links com spam e antinaturais e negue qualquer coisa contra as diretrizes do Google.

Quanto tempo leva para remover um downgrade algorítmico?

Pode levar de 6 a 8 meses ou mais para remover um downgrade algorítmico, dependendo de sua gravidade.

E, se for uma ação manual, você poderá observar quase um ano.

Não desista – é possível reparar até os piores perfis de links.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!